fbpx

Portaria do Inmetro facilita aprovação de instrumentos de medição como balanças e termômetros

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

informações de Inmetro

Aprovar instrumentos de medição no Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) ficou mais rápido. O Diário Oficial da União (DOU) publicou, no dia 26 de junho, a Portaria Nº 302/2019, assinada pela presidente do Inmetro, Angela Flôres Furtado, que altera os procedimentos de avaliação de modelo de instrumentos de medição como balanças, termômetros clínicos, medidores de pressão arterial (esfigmomanômetros) e medidores de energia elétrica, entre outros. Pelo novo regulamento, os requisitos para uso de laboratórios acreditados serão mais simples e o detentor do instrumento poderá levar diretamente os relatórios de ensaios de laboratórios acreditados à Diretoria de Metrologia Legal (Dimel) do Inmetro. Assim, o tempo em fila para análise do pedido de aprovação de modelo diminuirá em, aproximadamente três meses. Até então, o período de espera chegava a 145 dias. Com a mudança, haverá, ainda, melhor previsibilidade para o planejamento financeiro do empresário e comercialização dos produtos no mercado.

De acordo com o diretor da Dimel, Marcos Trevisan, o objetivo é tornar o processo mais simples, menos burocratizado e mais rápido. “Essa revisão representa mais um passo para facilitar a vida das indústrias, em acordo com o preconizado pelo Governo Federal de desburocratizar a atividade econômica do Brasil”, assinala Trevisan. “Esta Portaria desonera a indústria e racionaliza a aprovação de modelos, diminuindo o tempo de colocação de inovações no mercado”, reforça.

A nova portaria altera a de número 484/2010, que trata do processo de avaliação de modelo de instrumentos de medição. Até então, o fabricante ou o importador precisava abrir um processo na Diretoria de Metrologia Legal do Inmetro; encaminhar o instrumento de medição para a Dimel, para avaliação nos laboratórios do Instituto; e aguardar na fila de espera de realização dos ensaios em laboratórios externos, para posterior análise do relatório de ensaio e emissão da portaria de aprovação para sua comercialização. Essa dinâmica superava três meses de espera por parte do fabricante ou importador.

Acesse a ultima edição da Analytica

Ultimas Notícias

Estudo da Unicamp torna cem vezes mais produtivos dispositivos microfluídicos

Com informações da Unicamp Além de produzir compostos químicos e biocombustíveis, eles podem ser utilizados para outras finalidades Pesquisadores da Faculdade de Engenharia Química (FEQ) da

Brasileiros especialistas em Metrologia Legal participam de congresso internacional na Colômbia

Informações de Inmetro A certificação de produtos pré-embalados na África do Sul, a verificação de balanças rodoviárias na Argentina, a implementação da Metrologia Legal na

Cromatografia: Sistema YL9100 Plus de qualidade incomparável tem Allcrom como representante exclusivo no Brasil

A Allcrom é a representante brasileiro exclusivo da Young In Chromass, empresa coreana, que proporciona por meio de pesquisas e desenvolvimentos contínuos alto desempenho e excelência

Purelab Chorus e Centra: Veolia marcará presença na Analitica Latin America 2019 com soluções de purificação de água

    A Veolia estará presente na Analitica Latin America 2019 com suas principais soluções para águas ultrapura: o Purelab® Chorus. A companhia irá expor

Cora 100: espectrômetro portátil, rápido e compacto da linha Raman Cora

A Anton Paar apresenta o mais novo membro da família de espectrômetros Raman Cora: o espectrômetro Raman de mão Cora 100, rápido e compacto, é perfeitamente adequado para a

Seções
Fechar Menu