fbpx

Polyplastics desenvolve tecnologia de aderência entre metais e resinas para peças dos setores automotivo e elétrico/eletrônicos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A Polyplastics Co., Ltd. desenvolveu uma tecnologia inovadora que aprimora a aderência entre metais e resinas de peças compostas dos setores automotivo e elétrico/eletrônicos.

A aderência direta entre metais e resinas é um processo que utiliza a moldagem por inserção de metal. As peças de metal e resinas ficam firmemente aderidas ao introduzir a resina derretida, por meio da moldagem por injeção, nas peças de metal que já passaram por um tratamento de superfície suficiente. Os compostos de metal e resina apresentam as propriedades dos metais (alta rigidez, condutividade elétrica) e dos plásticos de engenharia (baixa densidade, isolamento elétrico). No entanto, embora muitos fatores (peças de metal, resinas, estruturas de molde, condições da moldagem por injeção) tenham apresentado um efeito adverso e dificultado a aderência estável, a Polyplastics apresentou progressos com uma aderência bem-sucedida.

Para tratamentos de superfície de metais, a tecnologia Quick-10 (R) da Polyplastics utiliza aquecimento e resfriamento rápidos dos metais inseridos para produzir uma aderência direta entre o metal e a resina apenas com moldagem por inserção de metal, sem nenhum tratamento especial na superfície do lado de metal. As resinas devem apresentar propriedades como uma infinidade de interfaces, transferência de superfície (fluidez) e baixo encolhimento para produzir uma boa aderência.

Um componente essencial da resina é um aditivo de melhoria da afinidade que proporciona maior compatibilidade à interface de metal e resina e promove a aderência máxima à superfície de metal. Os níveis de aderência de metais da Polyplastics incluem 1135MF1 e 940MA para PPS e PBT, respectivamente. Outros níveis de aderência de metais, 1150MF1 e 930MA, oferecem funcionalidade adicional.

A Polyplastics observa que a temperatura de moldagem pode ter um grande efeito sobre a aderência. A empresa desenvolveu ótimas condições de moldagem para alcançar boa transferência de superfície e baixo encolhimento, com uma taxa de expansão linear similar à dos metais.

A tecnologia de aderência entre metais e resinas já foi usada em peças de dispositivos móveis (telefones celulares, tablets, câmeras digitais) e em algumas peças automotivas.


Para obter mais informações, acesse https://www.polyplastics.com/en/support/proc/metal_resin/index.vm

Quick-10 (R) é uma marca comercial registrada da Polyplastics Co., Ltd. no Japão.

Acesse a ultima edição da Analytica

Ultimas Notícias

Honeywell lança linha de filme de barreira termoformável para embalagens farmacêuticas no Brasil

Nova linha de filmes de barreira com custo mais efetivo atende às necessidades da indústria por produção e entrega mais rápidas.   — A Honeywell

Contra cross-linking de cápsulas gelatinosas, GELITA destaca linha de produtos RXL na FCE Pharma

Além de ampliar shelf life das cápsulas gelatinosas, tecnologias patenteadas anti cross-linking da GELITA garantem ação mais rápida de medicamentos e suplementos, maior estabilidade, ou

Energia renovável: especialistas debatem o futuro do petróleo e as melhores alternativas energéticas

Foto de capa: ©Fotolia, TimSiegert-batcam A dependência do desenvolvimento do mundo baseado nos combustíveis fósseis tem dias contados, segundo especialistas participantes do terceiro episódio do

Sustentabilidade e desenvolvimento: Braskem e Earth Animal ampliam uso de embalagens de Plástico Verde

Mais de 150 marcas no mundo já usam plástico de origem renovável em embalagens O plástico é hoje um dos principais agressores do meio ambiente:

24ª edição da FCE Cosmetique mostra ao mercado produtos veganos e protetor,criado a partir do DNA, para asiáticos

A próxima edição daFCE Cosmetique já começa na próxima terça-feira (21), e apresentará as principais tendências e lançamentos para os setores cosméticos e farmacêuticos, com

Seções
Fechar Menu