fbpx

O ápice de anos de pesquisa e a união da engenharia com a síntese: ElectraSyn 2.0 | Analytica 91

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Em uma iniciativa única, o proprietário da IKA, René Stiegelmann fez uma parceria com o professor Phil S. Baran do mundialmente reconhecido Scripps Research Institute de La Jolla, Califórnia (EUA). Nos últimos três anos, engenheiros e químicos trabalharam juntos para desenvolver um produto que combinasse duas divisões das comunidades químicas: as comunidades Eletroquímica e a principal, Comunidade de química orgânica sintética, que, normalmente, não têm nada em comum.

“O ápice de anos de pesquisa e a união da engenharia com a síntese”, é como Phil Baran descreve o desenvolvimento de um novo produto cujas origens de desenvolvimento remontam a um aparelho patenteado e desenvolvido pela IKA na década de 1920. O ElectraSyn 2.0 combina três produtos em um e facilitará a adoção em massa da eletroquímica para a síntese orgânica preparatória. A sociedade é sempre afetada de forma positiva pelo desenvolvimento de procedimentos de reação sustentável que geram altos rendimentos, requerem menos reagentes químicos e, portanto, produzem menos resíduos químicos. A eletroquímica orgânica sintética é um campo inerentemente sustentável e ecologicamente correto, cuja adoção disseminada foi limitada, principalmente, por lacunas na engenharia, em vez de por desejo ou potencial.

O ElectraSyn 2.0 oferece:

  • Padronização
  • Capacidades analíticas
  • Modularidade
  • Interface amigável para o usuário
  • Capacidades de agitação
  • Preparação para o futuro
  • Tela líder da indústria
  • Design estético
  • Conectividade
  • Aplicativo ElectraSyn 2.0
  • Facilidade de transporte

IKA® Brasil

Rua Alfredo da Costa Figo, n°. 102,

Jardim Santa Cândida

Campinas – SP

CEP 13087-534 – Brasil

Telefone: +55 19 3772-9600, Fax: +55 19 3772-9601

E-mail: sales@ika.net.br / web: www.ika.com


 

Acesse a ultima edição da Analytica

Ultimas Notícias

Linha SafePack do Grupo Polar mantem estabilidade sob temperaturas extremas por muito mais tempo

Novas tecnologias, que foram apresentadas na 24 ª FCE Pharma, foram desenvolvidas para manter e garantir estabilidade sob temperaturas extremas por muito mais tempo  

15ª edição da Analitica Latin America traz Rodada de Negócios: espaço reservado para a efetivação de negócios

Reprodução de Analitica Latin America A Analitica Latin America, visando proporcionar mais oportunidades de negócios aos seus expositores, preparou uma novidade para esse ano. No

Revista Analytica: a revista do controle de qualidade industrial

Na edição simbólica de número 100 da Revista Analytica, trazemos dois grandes artigos para fornecer bases científicas para todos que atuam na área. No ramo

CTG Brasil investe mais de R$4 milhões em projeto para geração de biocombustível

Projeto sobre macrófitas, em parceria com o Senai, terá duração de três anos e receberá investimento de R$ 4,6 milhões   A CTG Brasil, segunda

Quase invisíveis: novas técnicas analíticas detectam contaminantes emergentes e perigosos

TEXTO LUIZ SUGIMOTO | FOTOS ANTONIO SCARPINETTI | EDIÇÃO DE IMAGEM LUIS PAULO SILVA  Imprensa UNICAMP Os contaminantes emergentes são assim chamados porque falta legislá-los,

Seções
Fechar Menu