fbpx

Minério de Ferro: Avaliação Comparativa para Determinação de Umidade em Minério de Ferro entre o Método por Radiação Infravermelho e o método de referência descrito na ABNT NBR ISO 3087:2011

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Resumo: A determinação da umidade é de extrema importância na caracterização da qualidade de minérios de ferro tanto no âmbito operacional quanto comercial, uma vez que quase todos os produtos são comercializados em base seca. A metodologia de referência para esse procedimento (método A) é detalhada na norma técnica ABNT NBR ISO 3087:2011 – Minérios de ferro – Determinação do teor de umidade de um lote[1], que é o método aprovado pela ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS em nível nacional; e pela ISO – INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARTIZATION em nível internacional, no caso de produtos comercializados no mercado externo.

O método apresentado na norma ABNT NBR ISO 3087:2011[1]tem como princípio a secagem do minério de ferro à 105ºC na presença de ar. Este método apresenta resultados precisos, porém seu tempo de análise de, no mínimo, 5 horas, dificulta seu uso para acompanhamento e controle dos processos produtivos que, na maioria dos casos, necessita de informações para tomada de decisões em tempos menores. Assim, em virtude da necessidade de métodos mais rápidos para determinação de teor de umidade, uma série de novos equipamentos tem sido desenvolvidos por fornecedores de equipamentos para laboratório. Um destes equipamentos possui como princípio de funcionamento o aquecimento das amostras de minério de ferro por meio de lâmpadas de infravermelho e vem apresentando boa aceitação do mercado em geral, uma vez que possui tempo de análise médio de 45 minutos.

Este estudo tem como objetivo verificar se o método rápido de determinação de umidade por infravermelho possui precisão compatível com o método apresentado na norma ABNT NBR ISO 3087:2011[1]e se apresenta vício em relação ao mesmo. Foram empregadas as ferramentas estatísticas: Igualdade de Médias Emparelhadas; Controle Estatístico de Qualidade; Teste de “Outliers”; Teste de Distribuição Normal; Intervalo de Confiança; e Análise Não Paramétrica.

PALAVRAS-CHAVE: umidade, minério de ferro, infravermelho.


Abstract: Determination of the iron ore moisture is of extreme importance for its quality assessment, both at operating and commercial level, since almost all products are traded on a dry basis. The reference methodology for this procedure (method A) is detailed in the ABNT NBR ISO 3087:2011[1], Iron Ores – Determination of moisture content of a lot, which is the method approved by ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS for the national market and by ISOINTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARTIZATION for internationally traded products.

The method presented in ABNT NBR ISO 3087:2011[1] has as working principle drying of iron ore to 105 ° C in the presence of air. This method provides accurate results, but the time of analysis is at least 5 hours and its difficult the use of information to monitoring and control production processes, that, in general, needs information to take decisions in less time. Thus, due to the need for faster methods for determination of moisture content, many new equipment has been developed by suppliers of laboratory equipment. One of this equipment has as a working principle the heating of samples of iron ore by means of infrared lamps and has been showing good acceptance of the market in general and the average of time of analysis is 45 minutes.

 The objective of this study is check if the Rapid Method of Moisture Determination by Infrared has compatible precision in relation to standard ABNT NBR ISO 3087:2011[1]and that should also not present vies in relation between the both methods. Used statistical methods: T-Paired Test; Statistical Process Control; Outliers Test; Normal Distribution Test; Confidence Intervals; and Non-Parametric Analysis.

 KEYWORDS: moisture, iron ore, infrared


Autores: Marília Rocha, Bruno Castro, Luiz Paulo Serrano e Eduardo Melo.


Confira o artigo na íntegra:

Minério de Ferro: Avaliação Comparativa para Determinação de Umidade em Minério de Ferro entre o Método por Radiação Infravermelho e o método de referência descrito na ABNT NBR ISO 3087:2011

Acesse a ultima edição da Analytica

Ultimas Notícias

Estudo da Unicamp torna cem vezes mais produtivos dispositivos microfluídicos

Com informações da Unicamp Além de produzir compostos químicos e biocombustíveis, eles podem ser utilizados para outras finalidades Pesquisadores da Faculdade de Engenharia Química (FEQ) da

Brasileiros especialistas em Metrologia Legal participam de congresso internacional na Colômbia

Informações de Inmetro A certificação de produtos pré-embalados na África do Sul, a verificação de balanças rodoviárias na Argentina, a implementação da Metrologia Legal na

Cromatografia: Sistema YL9100 Plus de qualidade incomparável tem Allcrom como representante exclusivo no Brasil

A Allcrom é a representante brasileiro exclusivo da Young In Chromass, empresa coreana, que proporciona por meio de pesquisas e desenvolvimentos contínuos alto desempenho e excelência

Purelab Chorus e Centra: Veolia marcará presença na Analitica Latin America 2019 com soluções de purificação de água

    A Veolia estará presente na Analitica Latin America 2019 com suas principais soluções para águas ultrapura: o Purelab® Chorus. A companhia irá expor

Cora 100: espectrômetro portátil, rápido e compacto da linha Raman Cora

A Anton Paar apresenta o mais novo membro da família de espectrômetros Raman Cora: o espectrômetro Raman de mão Cora 100, rápido e compacto, é perfeitamente adequado para a

Seções
Fechar Menu