fbpx

Metano é aproveitado para obtenção de compostos de interesse industrial

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O uso da matéria prima fóssil em processos industriais tem cedido lugar a processos que primam pela sustentabilidade, amparados por diversos estudos que estão sendo desenvolvidos nessa área.

“Como hidrocarboneto mais simples, apresenta-se como um “bloco de lego”, que pode ser usado para montar “peças maiores””, afirmou Larissa Lopes. Imagem: Larissa Lopes

 

Muito comum em aterros, o metano é um gás-estufa que pode ser usado para geração de energia. Segundo Larissa de Bessa Lopes, “o aproveitamento do metano apresenta um papel importante para assegurar o suplemento de energia, insumos químicos e de combustíveis no futuro. Por ser encontrado em grandes quantidades no planeta, tanto na atmosfera, como sendo o principal componente do gás natural e do biogás, apresenta elevada potencialidade como reagente para a obtenção de uma série de compostos químicos de elevado interesse comercial”.

A pós-graduanda do Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP, proferiu seminário na sexta-feira, 09 de agosto, para discutir “os desafios para a ativação da altamente estável molécula de metano, além da sua aplicação em processos de conversão direta e indireta nos produtos desejados, focando nas oportunidades e limites de cada rota”. Larissa é orientada pela professora Elisabete Moreira Assaf, do Grupo de Reatores Químicos e Catálise Heterogênea do IQSC-USP.

Acesse a ultima edição da Analytica

Ultimas Notícias

Seções
Fechar Menu