fbpx

Fórum de Debates na Abrafiltros destaca aplicações de filtração em petróleo e gás

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Injeção de água no reservatório, usada para aumentar a pressão e estimular, assim, a produção de petróleo, é uma das atividades que demanda ampla filtração.

As aplicações de filtração industrial no setor de petróleo e gás são amplas. Há grande demanda na produção de petróleo tanto offshore como onshore e em refinarias. Foi o que afirmou o especialista Rogério Jardini no Fórum de Debates, promovido, na sede da Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais, em Santo André/SP, no dia 23 de agosto, durante a reunião mensal da Câmara Setorial de Filtros Industriais. “É um mundo de processos de filtração no setor de petróleo e gás”, disse.

Entre as diversas áreas de aplicações, citou água industrial, utilizada em processos de produção, sistemas auxiliares e de incêndio, limpeza de equipamentos e instalações; na injeção de água, método onde a água é injetada no reservatório para elevar a pressão e estimular, assim, a produção tanto offshore como onshore. “A filtração, neste caso, tem como objetivo não só proteger a formação da obstrução por material particulado, mas minimizar o número de intervenções nos poços de injeção para limpeza e evitar a fratura da forma&ccedi l;ão por entupimento dos poros”, comentou.

Os filtros também são aplicados nos fluidos de completação. Utilizados nos poços revestidos para efetuar os trabalhos de completação, manutenção e limpeza, os fluidos devem ser isentos de detritos, compatíveis com a formação e anticorrosivos. “O fluido de completação tem como funções fraturar a formação, formar um colchão de isolamento entre o tubo de produção e a camisa do poço, equilibrar a pressão da formação para evitar fuga de petróleo e reduzir os efeitos da corrosão na camisa”, afirmou Jardini, acrescentando que a filtração tem a finalidade de diminuir a quantidade de material particul ado, evitando a contaminação da formação e bloqueio da estrutura porosa.

O engenheiro químico Rogerio Jardini no debate

Na produção de gás natural, o especialista explicou que a filtração reduz a quantidade de material particulado proveniente da corrosão das tubulações, aumenta a eficiência das colunas de redução de acidez e protege os componentes do sistema.

Em plataformas petrolíferas, refinarias e centrais petroquímicas também é realizado tratamento de gás com aminas para remoção de gases ácidos, onde, segundo Jardini, a filtração é fundamental para redução do material particulado, que pode, entre outros problemas, não só ocasionar espuma e reduzir a eficiência da amina, mas também entupir as bandejas do contator, provocando diminuição da vazão da amina e aumento da pressão diferencial.

Ao final de sua apresentação, Jardini também falou sobre as aplicações em refinarias, entre elas, para proteção de processos catalíticos, stripping de água ácida, combustíveis e especificação de produtos acabados (gasolina, óleo diesel, querosene de aviação, óleo lubrificante, graxa, solventes, gás combustível/GLP).

O próximo Fórum de Debates da Abrafiltros terá como tema: “Filtros Industriais e suas aplicações: Agronegócios”, no dia 27 de setembro, das 09h às 10h, durante a reunião mensal da Câmara Setorial de Filtros Industriais.

Para o presidente da Abrafiltros, João Moura, “este é um espaço de suma importância para o desenvolvimento e abertura de oportunidades. Nosso papel é provocar e possibilitar que a interação entre os players do setor exista e seja positiva para todos. Nesse sentido, queremos ampliar a participação de associados e não associados, que venham somar conosco. As portas da Abrafiltros estarão sempre abertas”.

O evento, gratuito, acontece na própria sede da associação – Auditório do Centro Empresarial Pereira Barreto, 1395 – Santo André – São Paulo.

Os interessados podem obter mais informações sobre conteúdos e como participar pelo e-mail eventos@abrafiltros.org.br.

Acesse a ultima edição da Analytica

Ultimas Notícias

Cora 100: espectrômetro portátil, rápido e compacto da linha Raman Cora

A Anton Paar apresenta o mais novo membro da família de espectrômetros Raman Cora: o espectrômetro Raman de mão Cora 100, rápido e compacto, é perfeitamente adequado para a

Colunas para cromatografia gasosa da Zebrom tem qualidade internacionalmente reconhecida

A Zebrom produz colunas para cromatografia gasosa (GC) desenvolvidas por cientistas especializados da Phenomenex com a melhor tecnologia do mercado. Como comprovação de sua eficiência, foi reconhecida com três prêmios

Linha SafePack do Grupo Polar mantem estabilidade sob temperaturas extremas por muito mais tempo

Novas tecnologias, que foram apresentadas na 24 ª FCE Pharma, foram desenvolvidas para manter e garantir estabilidade sob temperaturas extremas por muito mais tempo  

15ª edição da Analitica Latin America traz Rodada de Negócios: espaço reservado para a efetivação de negócios

Reprodução de Analitica Latin America A Analitica Latin America, visando proporcionar mais oportunidades de negócios aos seus expositores, preparou uma novidade para esse ano. No

Revista Analytica: a revista do controle de qualidade industrial

Na edição simbólica de número 100 da Revista Analytica, trazemos dois grandes artigos para fornecer bases científicas para todos que atuam na área. No ramo

Seções
Fechar Menu