fbpx

Estudo avalia a contaminação de águas por arsênio

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Pequisa é desenvolvida na Unesp de Sorocaba

A tese de doutorado intitulada “Distribuição, complexação e mobilidade de íons arsênio em águas superficiais do Quadrilátero Ferrífero-MG/Brasil: ênfase nas interações com substâncias húmicas aquáticas” foi defendida no último dia 27 de março pelo aluno Erik Sartori Jeunon Gontijo, da Unesp Sorocaba.

O estudo foi financiado pela FAPESP (12/17727-8) e pela CAPES/DAAD (BEX10452/14-1) durante estágio na Alemanha no Helmholtz-Centre for Environmental Research – UfZ (Magdeburgo). A tese foi orientada pelo prof. Dr. André Henrique Rosa (Unesp) e coorientada pelo prof. Dr. Hubert Mathias Peter Roeser (UFOP). Basicamente a pesquisa teve como objetivo estudar a distribuição do arsênio em águas naturais na região do Quadrilátero Ferrífero (em Minas Gerais) e a influência das substâncias húmicas no comportamento desse metaloide.

O estudo também visou investigar como substâncias húmicas de diferentes origens e com diferentes características afetam a o comportamento do arsênio na presença e ausência de ferro. Na banca estiveram presentes o prof. Dr. Ricardo Perobelli Borba (UNICAMP), prof. Dr. Kurt Friese (UFZ/Magdeburg), profa. Dra. Viviane Moschini Carlos (UNESP), prof. Dr. Paulo Sérgio Tonello (UNESP) e o orientador prof. Rosa. Um artigo sobre a tese já foi publicado na revista Chemosphere (“Distribution and bioavailability of arsenic in natural waters of a mining area studied by ultrafiltration and diffusive gradients in thin films” e outros estão submetidos ou em confecção.

Foto da esquerda para a direita: prof. Dr. Kurt Friese (UFZ/Magdeburg), prof. Dr. André Rosa/Orientador (UNESP/Sorocaba), Dr. Erik Gontijo (aluno aprovado), prof. Dr. Paulo Sérgio Tonello (UNESP/Sorocaba), profa. Dra. Viviane Moschini Carlos (UNESP/Sorocaba), Ricardo Perobelli Borba (UNICAMP)
Foto da esquerda para a direita: prof. Dr. Kurt Friese (UFZ/Magdeburg), prof. Dr. André Rosa/Orientador (UNESP/Sorocaba), Dr. Erik Gontijo (aluno aprovado), prof. Dr. Paulo Sérgio Tonello (UNESP/Sorocaba), profa. Dra. Viviane Moschini Carlos (UNESP/Sorocaba), Ricardo Perobelli Borba (UNICAMP)

Fonte: Unesp / Erik Gontijo


 

Acesse a ultima edição da Analytica

Ultimas Notícias

Gelita apresenta amplo e diferenciado portfólio de gelatinas de aplicação industrial na FCE Pharma

A Gelita, a empresa líder mundial no fornecimento de proteínas de colágeno para diversos ramos da indústria, participou da FCE Pharma 2019 colocando à mostra

Tecnologia, qualidade e menor custo: conheça softwares da Merck que prometem mudar a lógica da indústria farmacêutica

Presente na FCE Pharma de 2019, a Merck trouxe inovações que prometem mudar o curso da indústria farmacêutica: aliando tecnologia, produção e custos. Com mudanças

Equipamento de gerenciamento integral da cadeia fria: conheça Polar Tracker, da o Grupo Polar

Em um país como o Brasil, que possui uma variedade de temperatura tão grande, é um desafio manter a eficácia do medicamento durante o transporte

Honeywell lança linha de filme de barreira termoformável para embalagens farmacêuticas no Brasil

Nova linha de filmes de barreira com custo mais efetivo atende às necessidades da indústria por produção e entrega mais rápidas.   — A Honeywell

Contra cross-linking de cápsulas gelatinosas, GELITA destaca linha de produtos RXL na FCE Pharma

Além de ampliar shelf life das cápsulas gelatinosas, tecnologias patenteadas anti cross-linking da GELITA garantem ação mais rápida de medicamentos e suplementos, maior estabilidade, ou

Seções
Fechar Menu