fbpx

Efeitos do CO2 em sistemas de purificação de água | Analytica 93

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O CO2 irá interferir na resistividade da água pura, uma vez que existe o equilíbrio com ácido carbônico (H2CO3) quando dissolvido em água, o que acarretará em queda no valor do pH. Como ele se comporta como um ânion, o mesmo irá atuar diretamente na capacidade da resina de troca iônica, reduzindo, assim, a vida útil desse cartucho. Vale ressaltar que a Osmose Reversa (OR) não é capaz de remover o dióxido de carbono, que passa através da membrana com o permeado.

Como o CO2 pode ser removido?

O CO2 pode ser removido de duas maneiras: retirando-o da solução ou convertendo-o em uma forma na qual a membrana de OR seja capaz de remover da água. Para retirar o CO2 de um sistema de pequeno porte, uma membrana de degaseificação é o método mais utilizado. Para a mudança do composto, a alternativa envolve a administração de uma solução de hidróxido de sódio antes da entrada da OR, tornando o pH alto e assegurando que todo o CO2 seja convertido em 3HCO – composto que a OR é capaz de remover de forma muito eficaz.

Quando devemos retirar o CO2 da água?

A utilização da membrana é altamente indicada em águas que têm pH baixo (<6) e/ou de elevada alcalinidade de bicarbonato (> 200mg /L). Técnicas nas quais a concentração desse gás é crítica, também se indica a utilização de uma membrana de retirada do dióxido de carbono.


Mais informações no e-mail: [email protected]


 

Acesse a ultima edição da Analytica

Ultimas Notícias

Gelita apresenta amplo e diferenciado portfólio de gelatinas de aplicação industrial na FCE Pharma

A Gelita, a empresa líder mundial no fornecimento de proteínas de colágeno para diversos ramos da indústria, participou da FCE Pharma 2019 colocando à mostra

Tecnologia, qualidade e menor custo: conheça softwares da Merck que prometem mudar a lógica da indústria farmacêutica

Presente na FCE Pharma de 2019, a Merck trouxe inovações que prometem mudar o curso da indústria farmacêutica: aliando tecnologia, produção e custos. Com mudanças

Equipamento de gerenciamento integral da cadeia fria: conheça Polar Tracker, da o Grupo Polar

Em um país como o Brasil, que possui uma variedade de temperatura tão grande, é um desafio manter a eficácia do medicamento durante o transporte

Honeywell lança linha de filme de barreira termoformável para embalagens farmacêuticas no Brasil

Nova linha de filmes de barreira com custo mais efetivo atende às necessidades da indústria por produção e entrega mais rápidas.   — A Honeywell

Contra cross-linking de cápsulas gelatinosas, GELITA destaca linha de produtos RXL na FCE Pharma

Além de ampliar shelf life das cápsulas gelatinosas, tecnologias patenteadas anti cross-linking da GELITA garantem ação mais rápida de medicamentos e suplementos, maior estabilidade, ou

Seções
Fechar Menu