fbpx

Artigo científico: Avaliação da qualidade microbiológica e físico-química de méis

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
iStock/Thinkstock

 

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE MICROBIOLÓGICA E FÍSICO-QUÍMICA DE MÉIS COMERCIALIZADOS EM MUNÍCIPIOS DO ESTADO DE ALAGOAS 

O mel é um dos alimentos mais puros da natureza, com mais de 180 substancias distintas e alta proporção de carboidratos, que apresenta baixo investimento para sua produção, e que mesmo pouco consumido pela população brasileira, teve leve aumento de vendas nos últimos anos, com isso se faz necessário um controle de sua comercialização, evitando a disseminação de patógenos, com isso este estudo contribuiu na avaliação da qualidade sanitária e físico-química dos méis comercializados no Estado de Alagoas. Sendo analisadas 32 amostras de méis de diversos municípios através da quantificando bactérias do grupo coliformes, utilizando a metodologia de número mais provável e analises de pH, °brix e umidade, onde quatro méis apresentaram valor para coliforme maior que 100 NMP/mL e 13 amostras apresentaram-se fora do padrão físico-químico para umidade, além do fato da necessidade de uma revisão da legislação atual, já que a mesma não preconiza parâmetros oficiais para pH e °Brix. 

PALAVRAS-CHAVE: Mel, microbiológico, Físico-químico, Coliformes. 

Para ler o artigo completo clique aqui 

Acesse a ultima edição da Analytica

Ultimas Notícias

Seções
Fechar Menu